segunda-feira

30

julho 2012

0

COMMENTS

Snoop Lion causa polêmica na Jamaica

Written by , Posted in Destaque, Música

A incursão de Snoop Dogg pelo rastafarianismo, através do seu alter ego Snoop Lion (produzido pelo Major Lazer), vem causando polêmica na Jamaica. Mesmo sem ser um estranho ao reggae/dancehall (confira um Top 10 das relações do rapper com a ilha), os mais radicais tem visto a relação religiosa como uma simples exploração comercial da sua cultura.

Um dos maiores nomes da música jamaicana contemporânea, Sizzla mandou um recado para Snoop na recém-lançada “Burn Out Smithsonians” (no seu assassino “Sickness Riddim”):

Alguns trechos da letra, em patois, que encontrei pela rede:

All you do is go around and record the sacred services in the holy temple of His Majesty and try to sell it

Nothing is right bwoy, nothing is cool
Who di rasclat Snoop Dogg a try fool
Tell him sey a Emperor Haile Selassie I rule
Him cyah even get Selassie I stool

(…)

You don’t have no conscience Yu wicked people
Yu come fi sell out Rasta people
Waah come record and video tape den
Run wey wid the copyright, and think yu escape dem

(…)

Everybody want a piece a mi culture Dem a raid it like vulture

Já o dub poet Mutabaruka, das vozes mais respeitadas do reggae, disse em seu programa de rádio que Snoop deve ter mais dinheiro que o governo jamaicano e que “(…) se ele quer mudar de vida, quem sou eu pra dizer que a conversão não é genuína, não é séria? Só o tempo vai dizer”.

A viagem foi documentada pela Vice, logo pinta o registro completo.

Deixe uma resposta

No Comments

  1. elisangela
  2. Paulo Diógenes
  3. joarlan

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: