domingo

15

fevereiro 2004

0

COMMENTS

Folha de S.Paulo Online, 15/02/2004

Written by , Posted in Imprensa

Matéria sobre concurso de vídeos anti-Bush que escrevi para Folha Online

——-

ONG promove concurso de vídeos anti-Bush e os divulga na internet
BRUNO NATAL
free-lance para a Folha Online

Ao se dizer preocupada com as conseqüências das ações do atual governo dentro do próprio Estados Unidos, a MoveOn (www.moveon.org), organização não-governamental dedicada a aproximar cidadãos comuns da política, realizou um concurso de vídeos anti-Bush e os divulgou na internet.

Para participar do “Bush in 30 Seconds” (Bush em 30 Segundos), bastava ser cidadão americano e fazer um vídeo cuja única instrução era falar “a verdade sobre o presidente e suas políticas”, remetendo-o ao site www.bushin30seconds.com.

Aproveitando o momento em que os EUA atravessaram sua pior recessão na história, é natural que a maior parte dos 26 finalistas, escolhidos entre mais de mil inscritos, demonstre inquietação quanto ao que vem pela frente.

Por isso, imagens de crianças e questionamentos sobre o futuro do país foram temas recorrentes.

O grande objetivo da MoveOn era exibir o vídeo vencedor no intervalo comercial do Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano e o espaço publicitário mais valorizado do mundo, que teve como episódio mais marcante o incidente entre Janet Jackson e Justin Timberlake.

No entanto, a emissora CBS se recusou a colocar a peça no ar. Como solução alternativa, a ONG conseguiu veicular o anúncio na CNN, no mesmo horário.

Entre os jurados da competição estavam os atores Jack Black e Janeane Garofalo, os diretores de cinema Michael Moore, Michael Mann e Gus van Sant e os músicos Moby, Michael Stipe, líder do REM e Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam.

Os vídeos estão disponíveis on-line, no site oficial do concurso. Assista aos vídeos premiados no saite “Bush in 30 Seconds”.

Anúncios

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: