quarta-feira

17

setembro 2008

1

COMMENTS

Compressão

Written by , Posted in Música


A “evolução” da compressão do áudio dos CDs

Mais um capítulo da chamada loudness war, dessa vez envolvendo o mais recente disco do Metallica, “Death magnetic”.

Técnicos de som fizeram uma comparação entre o CD e a versão digital do álbum disponibilizada para o videogame Guitar Hero e chegaram a conclusão que a segunda opção é melhor.


O gráfico comparando as versões em CD e digital do
disco “Death Magnetic, do Metallica

O papo é o seguinte: em busca de discos que soem cada vez mais altos, os técnicos de som comprimem as frequências para levantar o som de tudo, fazendo com que o som perca dinâmica, que são as nuances de volume no arranjo de cada música.

No gráfico acima, em azul, temos uma faixa de “Death Magnetic” sem abuso na compressão. Repare que existem vários picos de volume, representados por essas pontinhas intermitentes. Em verde vemos a mesma faixa comprimida, em que o som está chapado, tudo no mesmo volume.

O resultado disso, além da perda de dinâmica, é uma deterioração da qualidade, já que alguns intrumentos tem o volume exageradamente aumentados para alcançar o pico comum da faixa, causando distorções e clipadas.

Depois reclamam que ninguém compra mais CD.

Deixe uma resposta

1 Comment

Deixe uma resposta para mitsu Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: