quinta-feira

11

novembro 2010

0

COMMENTS

Transcultura #027 (O Globo): iTunes U, Q3HD

Written by , Posted in Imprensa


Clique na imagem para ampliar

Texto da semana passada da coluna “Transcultura” que publico todas as sextas no jornal O Globo:

Aprenda com Zuckerberg
Plataforma distribui conhecimento gratuitamente online

Contando a história da criação do Facebook, “The Social Network” foi lançado recentemente no exterior, numa época considerada perfeita para angariar indicações ao Oscar – e pelo o que a crítica estrangeira vem falando, o filme pode mesmo levar a estatueta. É de se imaginar que o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, não devia desconfiar que a história da empreitada poderia se tornar num sucesso de bilheteria, muito menos que em um espaço tão curto de tempo figuraria entre as 35 pessoas mais ricas dos EUA (segundo a revista Forbes).

Em 2005, apenas um ano após a fundação do Facebook, sem saber ainda exatamente como ganhar dinheiro com aquilo, Zuckerberg dava uma palestra na Universidade de Stanford sobre a ferramenta que iria transformar (não apenas) a sua vida, explicando para a plateia o que o saite fazia exatamente. Através do iTunes University, plataforma que oferece acesso ao conteúdo exclusivo das universidades cadastradas, é possível escutar essa e muitas outras palestras.

Fundada em 2007, aproveitando a estrutura da loja virtual e do tocador de mp3 de mesmo nome, a Apple reúne em sua ferramenta aulas, palestras e seminários em arquivos de áudio, vídeo e texto de mais de 600 universidades cadastradas, entre elas Oxford, UC Berkley, MIT, Stanford e Yale. É como se você pudesse ser ouvinte em algumas das cadeiras mais disputadas de diversas especialidades. Apesar do destaque para as universidades dos EUA, instituições do Canadá, França, Alemanha, Dinamarca e vários outros países estão presente. Assuntos relacionados a cultura, digital ou analógica, são abundantes.

É possível aprender sobre o impacto do quarteto de Liverpool na cultura popular mundial no curato “The Beatles: Popular Music and Society”, da Universidade de Illinois ou escutar os depoimentos de Krist Novoselic (Nirvana), Henry Rollins (Black Flag), Tony Alva (Z-boy) e outros para o projeto “Oral Histories: artists tell their stories”, do acervo do Experience Music Project/Sciense Fiction Museum, em Seattle, que também oferece um curso direcionado a estudantes do Ensino Médio sobre Blues de Chicago e a história dos afro-americanos.

Para os cineastas, a Universidade de Minnesota disponibiliza vídeo-aulas do curso “The Art of Stop Motion Cinema”, uma entrevista com Spike Lee, uma palestra com a fotógrafa Dorthea Lange, enquanto a conceituada New York University ajuda a enteder melhor a política dos gêneros no cinema francês e Gorgia State University oferece uma oficina de documentários. Também de Nova York, o MoMA discute design no “Design and the Elastic Mind” e o Metropolitan Museum fala de moda, assim como o inglês Victoria and Albert Museum.

É preciso prestar bastante atenção quando a indústria da música tenta demonizar a circulação de arquivos online como um todo, tentando bloquear redes e sistemas de troca. MP3 são apenas uma das coisas que se pode encontrar na rede – e nem todos circulam ilegalmente. Como se pode ver, tem coisa muito mais importante pra se encontrar.

O único empecilho é que a maior parte do conteúdo é em inglês. Mas não esquenta, está repleto de cursos de idiomas na própria iTunes University.

Tchequirau

Finalmente surge uma câmera digital com um microfone de verdade, perfeita para registrar shows. É até estranho dizer que a Q3HD é uma câmera que capta áudio com boa qualidade, está mais para o contrário: um microfone que filma.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: