literatura Archive

terça-feira

5

julho 2016

0

COMMENTS

História do traficante Nem será conta em livro de Misha Glenny

Written by , Posted in Imprensa

Misha Glenny o dono do morro Nem URBe
Foto: El País

O jornalista inglês Misha Glenny esteve na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty) lançando o livro “O Dono do Morro: Um homem e a batalha pelo Rio”, no qual conta a história da ascensão e queda do traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, preso em 2011 e tido até como um dos traficante de métodos “democráticos” e responsável direto na transformação da favela em um dos bairros mais movimentados da cidade.

Glenny teve acesso ao traficante no presídio de segurança máxima de Campo Grande e o entrevistou diversas vezes. Também conversou com moradores, amigos e inimigos de Nem, assim como policiais, políticos e o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame.

O jornalista já posicionou sendo contrário a guerra às drogas e em entrevista ao em entrevista ao jornal El País declarou que os grandes traficantes do país não estão nas favelas.

Anúncios

terça-feira

12

junho 2012

0

COMMENTS

terça-feira

24

abril 2012

0

COMMENTS

quarta-feira

8

junho 2011

1

COMMENTS

Dub literatura

Written by , Posted in Música, Urbanidades

O documentário “Dub Echoes” continua surpreendendo:

Resolvi dar uma renovada na biblioteca sobre reggae e fui atrás do “Dub in Babylon: Understanding the evolution and significance of dub reggae in Jamaica and Britain from King Tubby to post-punk”. Ainda não comecei a ler, mas dei uma boa olhada nele no final de semana passado.

Livro acadêmico, muito bacana, de um professor de estudos religiosos do departamento de política, filosofia e religião da Lancaster University.

Para a minha grata surpresa, logo nos reconhecimentos iniciais, o escritor Christopher Partridge menciona o Dub Echoes de forma extremamente positiva. O documentário, pra quem não sabe, foi idealizado por mim e pelo Bruno Natal (que também dirigiu o filme). Além de ter passado em uma porrada de festivais lá fora (Transmediale, Sónar, WMC Miami, CPH:DOX), o filme foi exibido na 28ª Bienal de São Paulo e foi lançado pela histórica Soul Jazz.

Copiado na íntegra do blog do Chico Dub.

quinta-feira

5

maio 2011

0

COMMENTS

Burroughs e os cut-ups

Written by , Posted in Urbanidades

Uma animação do beatnik William S. Burroughs falando sobre a técnica de cut-ups, colagens aleatórias e não-lineares de textos, fitas de áudio e posteriormente em vídeos, numa tentativa de fazer a literatura alcançar o atraso de 50 anos em relação a pintura.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: