lançamento Archive

quarta-feira

21

junho 2017

0

COMMENTS

A psicodelia do My Magical Glowing Lens e seu álbum de estreia “Cosmos”

Written by , Posted in Música

Mais uma da colaboradora Milena Coppi:

A banda capixaba My Magical Glowing Lens lançou, no finalzinho de março, seu álbum de estreia, “Cosmos”. O nome veio a calhar, afinal, o disco é um passeio psicodélico que transita entre o som de Pink Floyd, Os Mutantes, Tame Impala e Melody’s Echo Chamber.

Com 11 faixas, o projeto distribuído selos Honey Bomb Records, Subtrópico e PWR Records é tocado por Gabriela Deptulski, cantora, compositora e guitarrista da banda. Um dos expoentes do rock psicodélico brasileiro, My Magical Glowing Lens chegou para integrar a cena que conta também com Boogarins e BIKE.

Para somar a viagem do som dos capixabas, a identidade visual disco ficou por conta do designer gráfico Demytrius Meneghetti de Pieri. Ouça:

Anúncios

quarta-feira

27

abril 2016

0

COMMENTS

Lançamento URBe: o clipe “Bicheiro do Meu Samba”, da Lila

Written by , Posted in Música

lila_bicheirodomeusamba

Dirigido por Pedro “Cartiê Bressão” Garcia, o primeiro clipe da Lila (que já havia lançado “Strobo” por aqui), “Bicheiro do meu Samba”, em mais um lançamento exclusivo do URBe.

O diretor falou sobre a inspiração para o clipe:

“Estavávamos num processo difícil de escolher de qual musica do EP da Lila iríaamos fazer um clipe, mas quando vi ela cantando no palco do Fogo e Paixão nesse carnaval, percebi que tinha que ser ‘Bicheiro do meu Samba’, num clima meio ‘samba trash’ de pós carnaval, já que a música fala de uma desilusão amorosa nesse universo das escolas de samba.

“Chamamos o Rogério Santinni, um carnavalesco com muita experiência de desfiles na avenida e criamos essa fantasia especialmente pra Lila. Escolhemos também uma locação no Centro onde de fato passamos durante o carnaval com o Boi Tolo, então o clipe acabou sendo muito fruto das experiências do carnaval desse ano.”

Assista o “Bicheiro do meu Samba” abaixo:

Ficha técnica:

Direção, Montagem e Roteiro: Pedro Garcia
Fotografia: Pedro Faerstein
Produção: Epidemia
Direção de Movimentos: Thiago Félix
Colorista: Maurício Stal
Figurino: Rogério Santinni
Beleza: Fox Goulart

quinta-feira

4

fevereiro 2016

0

COMMENTS

Lançamento: SSP, “Bateria (Carnaval)” + “Quarta de Cinzas”

Written by , Posted in Destaque, Música

SSP Carnaval URBe

Iniciando a temporada 2016 de lançamentos online do URBe, o grupo SSP apresenta suas novas músicas “Bateria (Carnaval)” e “Quarta de Cinzas”. As faixas são uma produção do DJ Babz, que compõe o grupo SSP ao lado dos DJs Jeff Bass e Soares. A masterização ficou por conta de Mauricio Gargel.

Como de costume, o próprio DJ Babz apresenta a faixa:

“O SSP se caracteriza pela mistura das batidas eletrônicas das vertentes mais modernas com as diferentes faces da música brasileira. Unindo a pesquisa e influência de 3 djs ativos e criativos, sempre temos resultados inesperados e dançantes.

“O timbre variado das percussões tão conhecidos dos ritmos “regionais” enriquece e dá um molho especial ao peso dos 808 e essa mistura é o q impulsiona o SSP a sempre buscar diferentes combinações de estilos mais modernos com referências tradicionais.

“Na produção da faixa “Bateria (Carnaval)” a ênfase foi na percussão tradicional da escola de samba se combinando com a batida do trap, onde viradas de caixa se misturam com as convenções de repique e surdo, onde a cuíca é o elemento surpresa se transformando em um sample frenético e diferente. Segundo o mestre de bateria, “o suingue que tem numa bateria é a cuíca.

“Daí vem o conceito caótico do carnaval de rua, especialmente no Rio de Janeiro e na Bahia, onde blocos e trios uns após o outro não deixam os foliões pararem. Seguindo o fluxo, um após o outro, a folia continua, vira noite, dia, noite, dia…

‘quando acaba a festa, procura um lugar onde a festa nunca acaba’

‘tô bebendo desde sexta, mas na quarta eu vou pra lapa’

“Já a faixa “Quarta de Cinzas” começa dando continuidade ao ritmo animado do carnaval mas leva o ouvinte a um “final da folia” usando um sample da Gal Costa que fala sobre o “sumiço” durante o carnaval (“vão me procurar na Lapa”) e aí, na quarta de cinzas é quando encontram o folião semi consciente, numa sarjeta, de ressaca, mas feliz, extasiado com a folia que viveu.

“‘Na gruta da mangabeira, quarta feira de manhã’

Ouça:

segunda-feira

9

março 2015

1

COMMENTS

Lançamento: Lila, “Strobo” (2015)

Written by , Posted in Destaque, Música

Lila_ElizaLacerda
foto: Rogério von Kruger/divulgação

Acompanhei o projeto desse EP bem de perto e é muito legal lançar a primeira música da carreira solo da Eliza Lacerda (do bloco Fogo e Paixão e do Quarteto Primo), agora atendendo apenas por Lila. E assim o volume de lançamentos exclusivos do URBe só faz crescer, muito legal essa vida de selo.

Como de costume, deixa a própria Lila apresentar a música:

“O meu EP (que lanço muito em breve!) foi uma pequena aventura pra dentro e fora de mim. A primeira pessoa que chamei pra ser meu parceiro nessa empreitada foi o Pedro Garcia, que muita gente conhece como Cartiê Bressão e um dos criadores do Queremos!, mas que vai muito além disso. Um cara criativo e musical que assinou a direção artística de todo o projeto.

“Chamamos o incrível o Lucas Vasconcellos pra produzir. Artista sensível e generoso que entrou como co‐autor de duas músicas e assinou a produção musical junto com o Iky Castilho, produtor de hip hop talentoso que veio com gás no final do processo e modificou tudo pra melhor.

“Na hora de gravar, fomos pra uma casa de praia no litoral do Rio com um verdadeiro estúdio montado pelo Henrique Vilhena e Bruno Giorgio. Passamos quatro dias lá com músicos da pesada (Thomas Harres e Matheus von Kruger, além do Lucas é claro) e colocamos o disco em pé. Aliás, recomendo a experiência de viver a gravação fora do ambiente impessoal do estúdio. A vibe boa imprime no som. Pode ter certeza!

“As músicas que escolhi foram se apresentando uma a uma durante o processo, vindo de vários compositores: Domênico Lancellotti, Alberto Continentino, João Bernardo, André Carvalho, Miguel Jorge, Piero Grandi, Pedro Rocha e duas delas são parcerias que fiz com o Lucas Vasconcellos e Matheus von Kruger. Aliás, esta que vocês estão ouvindo é a primeira delas: Strobo. Nasceu da célula ritmica de uma música do África Bambata e virou essa sequência de palavras/imagens.

“A parte da capa ficou por conta do Filipe Raposo e Raquel Wymann, um casal mais que especial que soube transformar toda essa viagem sonora em visual.”

Ouça a primeira música do EP, “Strobo”, mais um lançamento exclusivo do URBe:

quarta-feira

1

outubro 2014

0

COMMENTS

Lançamento: Jam da Silva, "Nord" (2014)

Written by , Posted in Destaque, Música

jamdasilva_lucassanttana_nord

Mais um disco pra essa que já é uma extensa lista de lançamentos exclusivos do URBe: o percussionista Jam da Silva chega a seu segundo disco, “Nord”.

Como sempre, ele próprio apresenta a bolacha:

“Neste disco trabalhei com músicos com quem nunca tinha tocado antes, tive novos parceiros, alguns são amigos de outros carnavais, também apareceram pessoas maravilhosas no meio do caminho, todos muito generosos comigo e com o som. Fui gravar e coletar em Pernambuco e depois fui láááá na Islândia, vivenciar uma experiência que me deu muitas alegrias e só notei que era muuito distante, quando voltei (rs).

“Depois, aome aproximar novamente dos sons e da turma do Recife, surgiu o ‘NORD’, que pra mim é um lugar imaginário, uma aproximação entre duas imagens muito diferentes e ao mesmo tempo complementares. Nord é nórdico, frio, sombrio, e Nord tbm é nordeste, ensolarado, quente, seco, ácido, e ambos com vastidão, dimensão e um ‘silencio acústico’ em comum.

“Gravei também vários instrumentos sinfônicos no disco, com três arranjadores: o americano Mark Lambert, o islandês Samúel Jón Samúelsson (que já trabalhou com o Sigur Rós) e o Pedro Mibiellli. Também contei com a participação do ‘triple L”‘( Lucas Santtana, Luísa Maita e a cantora americana Lisa Papineau), gravei com amigos cariocas, os irmãos Lobato ( Marcelo e Marcos) do O Rappa.

“Vários amigos compositores se juntaram durante o processo de feitura : Juliano Holanda, Fábio Trummer, Gabriel Melo, Maciel Salustiano, a Luísa e Lisa Papineau que também são co- autores. Mixei com um cara de um ambiente mais eletrônico, o Leo D, e masterizei nos EUA com o Adam Walek, que é da cultura hip hop e masteriza muitas trilhas sonoras.

“Muito bom poder juntar pessoas de universos diferentes, num só lugar: planeta música!”

Ouça “Nord” abaixo:

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: