folha de s.paulo Archive

sexta-feira

31

outubro 2014

0

COMMENTS

Abaixo as bicicletas

Written by , Posted in Urbanidades

14303184

Não é mole não.

Anúncios

segunda-feira

21

maio 2012

0

COMMENTS

quarta-feira

6

outubro 2010

9

COMMENTS

A Folha e a Falha de S.Paulo

Written by , Posted in Urbanidades


Reprodução do logo do saite retirado do ar

“Em 30 de setembro, o jornal [Folha de S.Paulo] conseguiu uma liminar que obrigava os irmãos Lino e Mario Bocchini a tirar do ar o conteúdo da Falha de S. Paulo, um site de humor que tirava um barato do indisfarçável viés pró-tucano que aterrissou com mais força do que nunca na Barão de Limeira dos últimos tempos. Os dois foram obrigados a remover do ar todo o conteúdo do site, sob pena de pagar multa diária de R$ 1.000. Segundo Lino, a empresa nem chegou a enviar uma notificação extrajudicial ou um pedido por e-mail: já foi logo apelando para o processo. Assim, a seco, sem KY nem piedade.

“(…) Censura pode vir de onde menos se espera. Por isso, todo cuidado é pouco. A dita é branda? É, mas trisca pra ver se não fica dura.”

A história completa está contada no Boteco Sujo. Um dos criadores da Falha também tem se manifestado através do @linobocchini.

Logicamente, o conteúdo do saite já foi espelhado num Tumblr, num Blogspot e foi criada outra conta no Twitter – por terceiros, afirmam os criadores do original. A piada não para e a tendêcia é piorar. É internet, né, onde para o desespero de muitos a informação – ou a piada – corre solta.

Não dá pra parar.

Pra finalizar, fique com a reportagem da Folha sobre o recente protesto de humorista contra a proibição de abordar políticos na cobertura da atual eleição.

sábado

7

fevereiro 2009

1

COMMENTS

João Gilberto, repercussão, blogues e créditos

Written by , Posted in Urbanidades


Folha: chamada na capa

O vazamento das demos de João Gilberto na rede continua a se espalhar e, de quebra, vai se tornando um importante marco, simbolizando algumas mudanças que a cultura digital vem impondo a imprensa.

Agora foi a Folha de S.Paulo que fez matéria (de Luiz Fernando Vianna) e um box (da Bruna Bittencourt) dando os devidos créditos e links para os blogues diretamente envolvidos no assunto: Toque Musical (que foi retirado do ar) e Vitrola e também para o Trabalho Sujo.

Coisa que o programa Metrópolis, da TV Cultura, inexplicavelmente não fez, preferindo utilizar o termo “blogosfera” e chegando ao cúmulo de cortar os cabeçalhos dos saites nas imagens utilizadas na reportagem.

No mundo virtual, creditar fontes é algo trivial, até porque seria difícil disfarçar a origem das informações. Atrasado, como tudo por aqui, os blogues começam a seriamente pautar a grande mídia. Já vem acontecendo há um tempo e é um movimento que ganha força. Um caminho sem volta, pode anotar.

terça-feira

9

dezembro 2008

0

COMMENTS

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: