fiona apple Archive

segunda-feira

18

abril 2016

0

COMMENTS

Paul Thomas Anderson dirigiu novo clipe do Radiohead

Written by , Posted in Música

Paul Thomas Anderson Radiohead URBe

O novo clipe do Radiohead foi dirigido por Paul Thomas Anderson. A informação, que até então era confidencial, foi divulgada no podcast For Crying Out Loud.

Stefanie Wilder-Taylor, uma das apresentadoras do programa, contou na última edição do programa que a produção do vídeo, incluindo o diretor, esteve em sua casa, no subúrbio de Los Angeles, para avisar a moça e aos demais vizinhos que estava sendo filmado um videoclipe nas redondezas. Wilder-Taylor ainda contou que lhe ofereceram 200 dólares para que filmassem dentro de sua casa. A proposta foi negada e a apresentadora não fez questão de guardar segredo, já que diz “não estar nem aí para a banda”.

Paul Thomas Anderson é conhecido por ter dirigido filmes famosos como “Boogie Nights”, “Magnólia” e “Sangue Negro”. O americano também já dirigiu alguns clipes da cantora Fiona Apple.

O Radiohead se prepara para lançar seu novo álbum este ano e já está escalado para tocar em diversos festivais que irão acontecer no meio do ano.

Via Fact.

 

sexta-feira

23

março 2012

0

COMMENTS

Um apanhado do SXSW Music 2012

Written by , Posted in Destaque, Música

O Dudu Fraga esteve no SXSW e, além da cobertura muito legal sobre a parte de cultura digital do festival pro Link, fez um apanhado da parte de música do evento para o URBe. Conta aí, Dudu:

“São mais de 2 mil shows oficiais (e certamente outros 2 mil não oficiais) divididos entre 6 dias de total imersão na pacata cidade de Austin no Texas. Diferente de outros festivais de música, no South by Southwest não existe um único local onde os shows acontecem.

“Os mais diferentes lugares da cidade (bares, estacionamentos, lobby de hotel,….) viram palcos e a cidade toda respira o festival. É como se fosse o carnaval de rua do Rio (sem poder beber na rua e, consequentemente, sem pessoas fazendo xixi em qualquer lugar), todo mundo circulando atrás de um show.

“Essa atmosfera da cidade é uma das principais características do SXSW, é impossível não ser absorvido pela energia jovem, ousada e inconseqüente que a cidade é tomada, ainda mais em pleno Texas. Junta-se a isso artistas de variados estilos (da música latina, passando pelo reggae, hip hop, rock, folk, eletrônica) de variados tamanhos, porém sempre com uma pegada mais independente, e lugares pequenos (somente dois ou três lugares são para mais do que mil pessoas).

“Esse é o SXSW, um festival onde você assiste ao Gossip para não mais do que 50 pessoas e onde facilmente você esbarra e troca uma idéia com o artista que acabou de tocar.

“Incluindo os shows que assisti na parte do Interactive (festival de cultura digital que acontece antes do festival de música) foram mais de 40 shows. Entre descobertas, indicações, bandas que eu já gostava e, claro, grandes furadas escolhi os 10 que mais me chamaram atenção, sem nenhuma ordem de importância.”

Ano que vem tô lá.

Leia as mini resenhas do Dudu e assista os vídeos de algumas das atrações depois do pulo.

(mais…)

%d blogueiros gostam disto: