childish gambino Archive

sexta-feira

11

maio 2018

0

COMMENTS

Donald Glover além de Childish Gambino

Written by , Posted in Sem categoria

“This is America” botou o nome de Childish Gambino, aka Donald Glover, na boca de muita gente que sequer ouviu falar do cara alguma vez na vida — como se isso fosse mesmo possível, afinal, ele faz de um tudo e até já tocou no Brasil, no Lolla de 2015.

O americano de 34 anos é músico, rapper, ator, roteirista e produtor de TV. Ou seja, Gambino é apenas a ponta do iceberg chamado Donald Glover — e esse post não é mais um dos milhares que estão rolando na web detalhando cada frame do clipe de “This is America”. Se o caso é ler sobre isso, te adianto: lê esse aqui do Buzzfeed que dá conta do recado.

Nesse post, a ideia é te apresentar quem é o Gambino em suas mais diferentes facetas. E, olha, são muitas. Até papel no filme sobre a carreira como stripper do Channing Tatum, ele já se meteu (veja “Magic Mike XXL”).

A primeira faceta de Glover, o músico. 

Aproveita o hype de “This is America” e escuta logo os três álbuns do cara disponíveis no Spotify (ou joga no YouTube) — “Awaken, my love”, “Because the internet” e “Camp” —, e também os eps, ou singles, como preferir chamar, “Kauai” e “EP”. Te garanto, você irá me agradecer. E, se quiser um destaque, ouça “Redbone”, que rendeu ao músico seu primeiro e único Grammy, na categoria de melhor performance de R&B (ele, no entanto, já foi indicado ao prêmio seis vezes).

Glover, o ator. 

Imagine um currículo gigantesco no IMDB. Este é o do vencedor do Globo de Ouro Donald Glover. Então, vamos direto aos trabalhos mais relevantes até agora: a produção executiva e atuação na série “Atlanta”, da FX e com a primeira temporada disponível na Netflix, a participação em “Hora de Aventura”, como a voz do personagem Marshall Lee (aparece nas temporadas 5 e 7), seu papel como Troy Barnes em “Community”, e uma ponta no chato “Homem-Aranha: De volta ao lar”.

Esse ano, ele estrela seu personagem mais popular possível: Glover será o jovem Lando Calrissian no spin-off de Star Wars, “Han Solo: Uma História Star Wars”. Ou, talvez, seu personagem mais mainstream mesmo seja o que está por vir no ano que vem: ele será a voz de Simba na versão em live-action de “Rei Leão”.

Glover, Donald: produtor, roteirista e diretor

Antes mesmo de ser o Childish Gambino — nome que ele tirou do site Wu-Tang Clan Name Generator —, em 2008 Glover já escrevia episódios para “30 rock”, série estrelada por Tina Fey e Alec Baldwin. Em “Atlanta”, para além de atuar, ele roteiriza, produz e também dirige alguns episódios.

Anúncios

sexta-feira

30

dezembro 2016

1

COMMENTS

Os bons discos internacionais de 2016

Written by , Posted in Destaque, Música

bons discos internacionais 2016

Santo Spotify que não deixa eu me perder. No ritmo que vamos, já daria pra fazer lista de melhores do mês mais extensa que essa aqui com alguns destaques de 2016. A cada ano as listas de preferidos de cada pessoa vão ficando mais diferentes entre si – e isso é ótimo. Faz cada vez mais sentido a abordagem adotada aqui no URBe há alguns anos: em vez de “melhores”, os “bons discos”. Afinal, essa lista tem se tornado cada vez mais pessoal e tido cada vez mais a ver com o que bateu e o que não bateu, medido não apenas por critérios técnicos (embora eles sigam sempre fundamentais para uma boa audição).

Confira também as listas de com Os bons discos nacionais de 2016 e Os bons shows de 2016.

O disco internacional de 2015: 

O disco é quase bobo. Traz quase nenhuma inovação e exatamente por isso agarra por dentro. Como pode mais um disco de inspirações folk ressoar tanto? É simples (com trocadilho): boas composições, boas melodias e boa execução. É muito cedo pra dizer se daqui alguns anos esse vai se tornar o disco mais memorável de 2016. Mas em pleno 2016 foi o que mais rodou por aqui.

Whitney, “Light Upon the Lake”

A Tribe Called Quest, “We Got It from Here… Thank You 4 Your Service”

Andy Shauf, “The Party”

BadBadNotGood, “IV”

James Blake, “The Colour in Anything”

Romare, “Love Songs: Part Two”

Anderson .Paak, “Malibu”

Kaytranada“99,9%”

Charles Bradley, “Changes”

Rihanna, “Anti”

NxWorries, “Yes Lawd!”

Branko, “ATLAS Expanded”

Frankie Cosmos, “Next Thing”

Gabriel Royal, “Gabriel Royal”

Glass Animals, “How to Be a Human Being”

Lee Fields & The Expressions, “Special Night”

Todd Terje & The Olsens, “The Big Cover-Up”

Childish Gambino, “Awaken, My Love!”

 

quinta-feira

1

setembro 2016

0

COMMENTS

Childish Gambino vai estrelar mini-série de comédia “Atlanta”

Written by , Posted in Destaque

Childish Gambino Atlanta mini-série URBe

Será lançada neste mês de setembro pela FX a mini-série “Atlanta”. Criado e estrelado pelo músico, ator e comediante Donald Glover, mais conhecido como Childish Gambino, o seriado mistura comédia e drama e conta a história de dois primos que tentam fazer parte da cena de rap da cidade, tendo como objetivo melhorar as condições de vida de suas famílias.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: