tom zé Archive

sexta-feira

15

dezembro 2017

0

COMMENTS

Tom Zé encontra Lee Perry no Digitaldubs

Written by , Posted in Música

Um encontro gigantes, quase previsível, se não fosse também tão inusitado. O Digitaldubs conseguiu juntar Tom Zé e Lee ‘Scratch’ Perry na mesma faixa. Inspirado pelo clássico “Estudando o Samba”, o produtor MPC juntou as vozes de ambas as entidades musicais em “Estudando o Dub”.

“Tom Zé e Lee Perry são pioneiros e heróis da música pop experimental. E ambos estão com 81 anos”, disse MPC. Aproveitando a passagem de Perry por São Paulo (num show com abertura do Digitaldubs abriu), o produtor convidou o jamaicano para gravar um vocal. Um ano depois, foi a vez de Tom Zé gravar sua participação.

A frase “open the door / abra a porta” funciona como um mantra para ressaltar as oportunidades que aparecem – na música e na vida.

Anúncios

segunda-feira

20

fevereiro 2017

0

COMMENTS

Em ritmo de carnaval, Tom Zé compõe músicas com temas políticos

Written by , Posted in Música

FOTO: Andre Conti

Sempre ativo, o cantor e compositor Tom Zé já entrou no ritmo de carnaval este ano, e a “fantasia” escolhida para suas novas composições é a grave crise política que acomete o país. “Eu não faço música, né? Sou péssimo instrumentista e cantor. Eu faço é jornalismo-cantado”, é com essa tônica que o baiano lançou há poucos dias em suas redes sociais as canções “Queremos as delações”, “Sabatina em Latim para a Indicação de um Juiz do Supremo”, “Homologô” e “Samba da Comissão da Linguiça”.

Leia mais em O Globo.

sexta-feira

30

dezembro 2016

1

COMMENTS

Os bons discos nacionais de 2016

Written by , Posted in Destaque, Música

15781908_1298084036943013_1513903083_n

Confira também as listas de com Os bons discos internacionais de 2016 e Os bons shows de 2016.

O disco nacional de 2016: 

Anos de trabalho e finalmente Céu acertou tudo: sonoridade, capa, clipes, visual; interpretação, temas, posicionamento. “Tropix” marca a confirmação de quem eram uma eterna promessa. A produção de Pupillo e General Elektriks ajudou muito, mas quem já trabalhou com a cantora diz que ela delega pouco e sabe bem o que quer. Dessa vez, surgiu decidida e conectada, sabendo transpor ideias para algo altamente assimilável pelo público, sem fazer concessão de qualidade.

Céu, “Tropix”

Mahmundi, “Mahmundi”

arthur-verocai-o-voo-do-urubu-urbe

Arthur Verocai, “O Voo do Urubu”

Joutro Mundo, “Brazilian Boogie & Disco Reworks, Vol. 1”

O Terno, “Melhor Do Que Parece”

BaianaSystem, “Duas Cidades”

Bixiga 70, “The Copan Connection: Bixiga 70 Meets Victor Rice”

Dona Onete, “Banzeiro”

Carne Doce, “Princesa”

Pedro Miranda, “Samba Original“

Tom Zé, “Canções Eróticas de Ninar”

Wado, “Ivete”

 

Aymoréco, “Aymoréco”

Autoramas, “O Futuro do Autoramas”

 

terça-feira

11

outubro 2016

0

COMMENTS

quinta-feira

16

janeiro 2014

15

COMMENTS

Os bons discos nacionais de 2013

Written by , Posted in Destaque, Música

osbonsdiscosnacionais2013

Como já disse algumas vezes, não gosto muito de fazer listas muito por não acreditar em hieraquizar música, principalmente entre sons distintos. No fim acaba prevalecendo o gosto pessoal e isso não me parece exatamente um critério objetivo. Prefiro falar em bons discos.

Dito isso e falando agora especificamente da música brasileira, que ano seco, hein, Brasil? Essa lista acabou nem dando trabalho pra fazer porque foram muito poucas opções (e alguma delas foram lançadas digitalmente aqui no URBe).

E mesmo entre esses, nada de arrebatador, nenhum disco para entrar numa lista de melhores da década daqui uns anos. Se tivesse tido acesso a essa lista no início de 2013 teria tido um ano desanimado sabendo que isso é tudo que se ouviria. Podia ter tido mais, bem mais.

Ouvi pouca coisa? Ouvi os discos errados? Pode ser que sim. Sendo esse o caso, ficarei agradecido se você puder deixar suas dicas nos comentários e me ajude a mudar de ideia. Que 2014 venha mais forte!

As listas de discos internacionais, de bons shows e de destaques pessoais de 2013 já estão no ar, só clicar.

O disco nacional de 2013:

CastelloBranco_Servico

Castello Branco, “Serviço”

Esse foi um azarão e ainda não entendi como ele veio parar no topo da lista. Um disco que cresce com repetidas audições, bem produzido, gravado e tocado, talvez o grande diferencial para boa parte do que circula por aí seja a sinceridade. Quando foi lançado cheguei a comentar que o disco tinha algo que não sabia dizer o que. Continuo sem saber e continuo ouvindo.

cicero-sabado

Cícero, “Sábado”

tomze_tribunaldofeicebuqui

Tom Zé, “Tribunal de Feicibuqui”

Trio Eterno Suite Pistache

Trio Eterno, “Suíte Pistache”

Tv:Av Unprepared Loops

Tv/Av, “Unprepared Loops”

RioShock_EP

Rio Shock, “Rio “Shock EP”

square-400

Wado, “Vazio Tropical”

bemonio_santo

Bemônio, “Santo”

Mahmed Dominio Das Aguas e dos Ceus

Mahmed, “Domínio Das Águas e dos Céus”

wado_vaziotropical

Ylana, “Ylana”

GabrielMuzak_queroverdancaragora

Gabriel Muzak, “Quero Ver Dançar Agora”

Gang-do-Eletro-capa

Gang do Eletro, “Gang do Eletro”

Do Amor Piracema

Do Amor, “Piracema”

Emicida O Glorioso Retorno

Emicida, “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui”

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: