miike snow Archive

terça-feira

4

outubro 2016

0

COMMENTS

Lykke Li, Miike Snow e Peter Bjorn & John se unem para formar supergrupo

Written by , Posted in Música

liv-urbe

A cantora e compositora sueca Lykke Li se juntou aos seus conterrâneos das bandas Miike Snow e Peter Bjorn & John para formar o supergrupo LIV. O primeiro single da banda, “Wings of Love”, tem produção de Jeff Bhasker, que já trabalhou com Eminem, Kanye West, Drake, Mark Ronson e Rolling Stones, além de ser o atual namorado de Li.

“Wings of Love” foi lançado pelo selo INGRID, que tem os integrantes do grupo como alguns de seus membros fundadores.

quarta-feira

16

setembro 2015

0

COMMENTS

Queens Of The Stone Age, “I Sat By The Ocean” (Mark Ronson cover)

Written by , Posted in Música

tameimpalamarkfonsonqueensofthestonedage_likeaversion

Acompanhado por Kevin Parker (Tame Impala) e Andrew Wyatt (Miike Snow), Mark Ronson fez uma versão de “I Sat By The Ocean”, do Queens of The Stone Age para a série Like a Version – a mesma onde  Arctic Monkeys fez uma versão matadora de  “It Feels Like We Only Go Backwards”, do Tame Impala, (tão boa quanto a versão da macacada gelada pra “Hold On, We’re Going Home”, do Drake).

terça-feira

6

dezembro 2011

0

COMMENTS

quinta-feira

30

setembro 2010

1

COMMENTS

Mark Ronson & The Business Intl, "Somebody To Love Me" (feat. Boy George and Andrew Wyatt)

Written by , Posted in Música

Em seu terceiro disco, “Record Collection”, Mark Ronson se distancia da referências sessentistas e das versões que entitulavam seu segundo disco, “Versions”, para mirar em sons mais contemporâneos e autorais, com presença forte de sintetizadores.

Entre os muito convidados, estão, além de Boy George e Andrew Wyatt (Miike Snow), os rappers Q-Tip e Ghostface Killa e o cantor D’Angelo.

“Somebody To Love Me”, com essa guitarrinha africana, é a melhor coisa do disco. Entra direto pra lista de melhores do ano.

terça-feira

21

setembro 2010

10

COMMENTS

Miike Snow no Rio – sucesso total!

Written by , Posted in Música, Resenhas


Casa cheia!
foto:
Ramon Moreira

Segunda-feira. Rio de Janeiro. 850 pessoas no Circo Voador para ver um show que começou as 22h30. Acho que só quem é daqui sabe a quantidade de paradigmas que foram quebrados só no que está descrito nessa frase. Sem falar no fato que foi o público que trouxe o Miike Snow pro Rio, o que teve uma repercussão enorme.

Pra coroar, atingimos a meta e todos os 60 Cariocas Empolgados (incluindo, além de mim os organizadores Tiago Lins, Felipe Continentino, Pedro Seiler e Lucas Bori), que com o apoio da Tecla Music, Grupo Matriz, da produtora Das Duas e do canal Multishow viabilizaram a vinda da banda, tiveram seu dinheiro devolvido e assistiram ao show DE GRAÇA.

Parabéns para todos! Isso que é ser “very important people”, participar ativamente da vida cultural da cidade, não é ficar pertubando pra entrar de graça, sem nenhum motivo especial.

Depois do show, rolou Maldita (de graça para os empolgados e com desconto para quem tinha o ingresso) na Casa da Matriz, com direito a um set de um dos integrantes da banda.

Pra fechar, lançamos a nova mobilização (recebida aos urros quando foi anunciada no microfone): Queremos Belle & Sebastian no Rio! Agora tem até saite próprio, todos os detalhes estão lá:

www.queremosbasnorio.com.br

Dessa vez não vou escrever muito sobre o show, mas digo logo, foi bonzão! Mais pesado do que o disco, surpreendeu positivamente. Só faltou mais ataque na bateria, fez falta uma pressão ali pra sacudir a galera.

O cybertechno, sempre ele, filmou o show inteiro e colocou tudo no seu canal no YouTube.

Mantendo o espírito coletivo da empreitada, abro a casa pra quem quiser mandar seus relatos, vídeos, fotos. Vou colando e atualizando esse post ao longo do dia.

“(…) a graça tava mesmo no underground do palco: na plateia. Teve gente que falou, ouviu, bebeu (mas não dirigiu), sorriu e até pulou, mesmo em músicas que nem valiam essa empolgação toda. Enquanto isso, a toda hora alguém passava pelos cinco amigos – Pedro, Tiago, Bruno, Lucas e Felipe – para dar os parabéns, como se fosse o aniversário de algum deles. Na verdade, o clima era de um “feliz faça você mesmo” para todo mundo ali presente: os cinco e também Sandro, Carolina, João, Nado, Catharina, Daniel, Adrianna, Márcia, Zé, Marcelo, Gabriela, Antônio, Maria…”

Calbuque, no Rio Fanzine.


gif animado: André Câmara/Party Busters

“Havia chegado a hora, a tal noite em que o Miike Snow subiria ao palco do Circo Voador depois da iniciativa que mobilizou 60 cariocas e algumas empresas a financiar a vinda da banda ao Rio de Janeiro. Era uma segunda-feira, não se sabia ao certo quantas pessoas apareceriam pro show, mas chegando lá, a reação de todos era a mesma e nas rodinhas antes do show não se falava em outra coisa: “Tá cheio, né?”. Dava pra sentir o clima de realização em todos, mesmo naqueles ainda cansados do fim de semana. Teve um que chegou a fazer piada me dizendo: “Já é sexta-feira de novo, né?”, do lado de dentro do Circo Voador parecia sim.”

Yugo, no Party Busters.

%d blogueiros gostam disto: