analógico vs digital Archive

segunda-feira

11

novembro 2013

0

COMMENTS

Como copiar discos de vinil em casa

Written by , Posted in Destaque, Música

vinil_copia

Você vai precisar de madeira, cola, silicone especial, plástico e paciência. O passo-a-passo está traduzido no Supergroove, replicando o conteúdo encontrado em vários blogs gringos.

Bacana mesmo seria uma banda independente lançar uma fornada artesanal dessas.

Anúncios

quarta-feira

3

julho 2013

0

COMMENTS

terça-feira

9

abril 2013

1

COMMENTS

Computadores não tem alma

Written by , Posted in Música


foto tungada daqui

Distraído com as mil referências sobre o novo formato do Daft Punk ser uma banda na entrevista de Todd Edwards, um dos colaboradores do novo disco, deixei de comentar um aspecto esquisito em seu depoimento.

Um produtor cascudo, com mais de 20 anos de carreira, afirmar que nunca soube que se gravava instrumentos utilizando vários canais, não sabia nada de microfonação e falar que computadores não tem alma causou estranhamento. Ele diz:

“10 ou 15 anos atrás você tinha que criar a sua própria música. Fosse escolhendo samples ou tocando teclados, qualquer instrumento que você estivesse usando, tudo estava vindo de dentro de você ou de dentro de alguma outra pessoa. Quando a música fica focada em efeitos ou sons pré-definidos, fica… Computadores não tem alma

Pode ser uma estocada na turma da tal EDM, mas soa meio radical isso aí. Computadores tem tanta alma quando um instrumento, nenhuma mesmo. Quem tem alma é o ser humano operando qualquer um dos dois. Problemas de alma são culpa de utilização, não do instrumento.

segunda-feira

8

abril 2013

5

COMMENTS

A discoteca com alma dos andróides do Daft Punk

Written by , Posted in Destaque, Música

Certeza que o show do Daft Punk será com banda em clima disco. É só ver pelo título: “Memórias de Acesso Randômico”.

Seguindo o que falou Giorgio Moroder em sua entrevista, no segundo vídeo da série de divulgação de “Random Access Memories” da dupla, Todd Edwards (co-autor e cantor de “Face to Face”, do segundo disco dos franceses) dá mais pistas de que esse deve ser o caminho.

Dessa vez é ainda mais escancarado, com o produtor falando sobre detalhes das técnicas de gravação, instrumentação, arranjos e de uma “volta no tempo”.

Pra fechar, Todd adiciona o recorrente embate analógico x digital (questão também explorada no fracote documentário de Dave Grohl sobre o estúdio Sound City) a discussão: “é irônico, dois andróides estão trazendo a alma de volta pra música”.

Ele deveria ter dito “de volta para música eletrônica”, mas tudo bem, no contexto que está fica subentendido. Ainda que mesmo assim seja questionável (mas o que não é?).

Dessa vez, o cara entregou até um refrão, acapela:

I just keep playing back
These fragments of time
Everywhere I go
This moments will shine

A entrevista de Todd:

sexta-feira

1

março 2013

0

COMMENTS

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: