sexta-feira

23

junho 2006

1

COMMENTS

União

Written by , Posted in Urbanidades

berlinFussball.jpg

As ruas da Alemanha — QUALQUER rua em que tenha comércio — estão repletas de TVs de plasma. São telas e mais telas dos melhores televisores na porta de qualquer muquifo.

O país está em funcão da Copa, empolgados com o crescimento do próprio time, chegando a reunir 700 mil pessoas no portão de Brandemburgo, em Berlim (uma cidade de apenas 3 milhóes de habitantes), pra comemorar a vitória sobre o Ecuador.

Devido ao envolvimento em duas guerras mundiais, o povo alemão carrega muitas culpas. Nazismo, holocausto e invasões territoriais ainda povoam o imaginário coletivo. E não apenas o local.

Por isso, uma multidão gritando “Alemanha!” pelas ruas permanecia um tabu, capaz de dar calafrios em toda Europa. Além disso, num país recentemente reunificado (há apenas 16 anos), esse sentimento de unidade é uma novidade.

Sob a justificativa da Copa, essa é a primeira vez que os alemães se sentem confortáveis pra fazer isso. É um grito de alegria e, ao mesmo tempo, um desabafo, entalado. A motivacão da multidão que se junta para celebrar cada triunfo passa, também, por aí.

Enquanto o Brasil só agora, após atropelar o Japão, encontra motivos pra comemorar, a Alemanha está em festa há muito tempo. Pra eles, a Copa em si é motivo suficiente.

Anúncios

Deixe uma resposta

1 Comment

Deixe uma resposta

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: