segunda-feira

22

outubro 2007

0

COMMENTS

"Uma raiz é uma flor que despreza a fama"

Written by , Posted in Uncategorized

Aproveite que está conectado e baixe “O manifesto da arte periférica”, primeiro disco do Wado, de 2001. Cortesia do próprio.

Se não for por nenhum outro motivo — e existem vários bons motivos — porque a bolacha tem “Ontem eu sambei” e “Alagou as”. Seus outros dois discos, “Cinema auditivo” e “A farsa do samba nublado”, também estão na roda.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: