sexta-feira

17

agosto 2012

39

COMMENTS

Tame Impala chapa o Imperator

Written by , Posted in Destaque, Música, Resenhas

E pensar que o show do Tame Impala ontem por pouco não aconteceu. Faltando algumas horas para apresentação, o equipamento ainda não havia chegado de São Paulo. Pelo que se sabe, o motorista do caminhão foi detido nas estrada, “confundido” com um “homônimo” foragido da justiça. E tem gente que ainda acha que é só pedir dinheiro na rede pra realizar um show. É cada um que é dois, viu.

Com pouquíssimo tempo para contornar a situação, o problema foi resolvido e uma noite épica aconteceu. Esse show vai ficar sempre marcado como o do mimimi da Zona Sul. A quantidade de gente reclamando pelo show ser no Imperator e não no Circo Voador (que nem tinha a data) foi enorme. O motivo era exposto, sem constrangimentos, em comentários como “no MÉÉÉÉÉIER?!” publicados por alguns nas redes sociais. Foi triste de ver.

Longe é uma questão de perspectiva e, portanto, o que para uns era uma viagem para outros era um show na esquina. Nada mais justo. A cidade precisa circular e oxigenar outra áreas, porque enquanto o Méier for “longe”, vai continuar pra sempre longe. Essa circulação não precisa ser uma “caridade” (dia das aspas hoje, hein) e nem é bom que seja.

Quem esteve no Imperator ontem, morando na Zona Sul, Norte ou Oeste, ficou de cara com a estrutura do local, alto nível mesmo. Coisa pra encher de inveja os preconceituosos da Zona Sul e de orgulho quem gosta de música e não se guia por túneis. Ao menos, por conta disso tudo, abriu-se uma discussão, o que é quase sempre saudável. Os ingressos esgotados mostram que saldo final foi positivo.

Falando do show, especificamente, foi sensacional. A banda fez exatamente o que dela se espera, chapando o público com camadas de guitarras, distorções, efeitos, teclados e psicodelia shoegaze (literalmente, eles olhavam mais para os próprios pés do que um para os outros) e setentista. Com apenas um disco e EPs na bagagem, o repertório é limitado e o show foi muito curto – mais do que deveria, talvez, já que não tocaram todas as músicas do “Innerspeaker”.

Do próximo disco, apenas as já conhecidas “Apocalypse Dreams” e “Elephant” foram tocadas. O povo passou o show pedindo “Expecations”, sem ser atendido. Uma pena, pois foi um dos públicos mais apaixonados das mobilizações do Queremos! A página do evento está fervendo com comentários até agora. Foi por lá também que os fãs se organizaram para atender um pedido feito pelo vocalista e líder da banda, Kevin Parker, para conhecer mais música brasileira. Vários deles levaram discos para botar no palco e até um vinil do Chico entrou na roda.

Abaixo, algumas música do show, filmadas pelo público (o vídeo oficial do Queremos! vem logo mais):

Anúncios

Deixe uma resposta

39 Comments

  1. Bruno Cetrangolo
  2. wb
  3. guilherme
      • wb
  4. Luiz Felipo
      • jorge
    • Paulo
  5. André Botelho
  6. Raquel
  7. Marcelo
      • Alziro
      • Adriana Fontes
        • Adriana Fontes
  8. Luiz
  9. Mariana

Deixe uma resposta

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: