Ramiro Mart Archive

quinta-feira

20

julho 2017

0

COMMENTS

Ramiro Mart e o Gori Beatzz, “Áudio Mensagem”

Written by , Posted in Música

Dupla boa, hein.

“Os beatmakers cariocas Gori Beatzz e Mestre Xim vêm representando em alto nível o rap do Rio de Janeiro pro Brasil afora ouvir. A dupla, além de produzir beats como poucos, também movimenta a cena com eventos dedicados aos beatmakers e a cultura hip-hop por todo o estado fluminense.”

Saiba mais sobre eles lá no Só Pedrada Musical.

segunda-feira

21

outubro 2013

0

COMMENTS

Transcultura #125: Café Crime // Warpaint

Written by , Posted in Imprensa, Música

CafeCrime_IkyCastilho_Transcultura_OGlobo_2013

Texto na da semana passada da “Transcultura”, coluna que publico todas as sextas no jornal O Globo:

O selo Café Crime revela a sua nova safra
MC e produtor Iky Castilho juntou-se a Ramiro Mart e também a Jonas Ribeiro para finalmente repetir a dose

por Bruno Natal

Ocupado em produções para terceiros e sem lançar uma mixtape desde 2006, quando sua “Iky’x tape vol. 1” foi assunto desse escriba como colaborador no saudoso Rio Fanzine, o MC e produtor Iky Castilho juntou-se a Ramiro Mart e também a Jonas Ribeiro para finalmente repetir a dose.

Chamada “Safra 013”, a mixtape — lançada de graça na página do seu próprio selo, Café Crime — conta com a participação de nada menos do que 49 artistas em suas 23 faixas, incluindo Criolo, Max B.O., Rincon Sapiência e Thalma de Freitas. Mesmo entre diversos convidados conhecidos no microfone, tanto Iky quanto Ramiro, que é igualmente um MC, também rimam na fita.

— A maioria das participações aconteceu naturalmente, pessoas que estiveram conosco em algum momento no estúdio, ou na vida, colaboraram criativamente nas músicas que estávamos fazendo — conta Iky. — Algumas foram produzidas para álbuns que não saíram. Poucos sons foram compostos especificamente para a “Safra 013”.

Sem se preocupar em destacar apenas a cena de hip-hop do Rio, “Safra 013” intercala cariocas com paulistas, brasilienses e um argentino.

— Minha primeira mixtape tinha alguns artistas de São Paulo, como Sandrão, Kamau e o Max. Acredito que essa nova mix reflete como anda a música do Café Crime hoje em dia, e os rumos que ela tem tomado — explica o produtor. — As batidas, os arranjos, as letras, tudo tem uma característica “souful”. Sendo uma mixtape, tivemos a liberdade de experimentar e mostrar o nosso estilo de música, o nosso estilo de rap.

Sem citar nomes, Iky anda entusiasmado com o que tem encontrado na cena hip-hop do Rio.
— Está bem diferente da paisagem árida de uns anos atrás — analisa. — Tem vários artistas e festas novos, assim como alguns mais tradicionais que se firmaram também.

Tchequirau

O Warpaint tem um tempo peculiar, raro de ver nas bandas atuais. Formada em 2004, só foi lançar o primeiro disco em 2010. E agora, três anos depois, finalmente começou a mostrar músicas novas nos shows. “No Way Out” é uma dessas.

terça-feira

1

outubro 2013

0

COMMENTS

Café Crime, "Safra 013" (mixtape)

Written by , Posted in Destaque, Música

Safra013_IkyCastilho_CafeCrime_mixtape

Produtor carioca, Iky Castilho apresenta a nova mixtape do seu selo, Café Crime:

“É chegado o momento, o Café Crime orgulhosamente apresenta nossa nova Mixtape, Safra013.

“Nesta sessão vocês degustarão 23 faixas do mais refinado café , consagrados e iniciantes, brasileiros e internacionais, fazendo um blend perfeito com o rico universo musical proposto pela dupla de rappers e produtores Iky Castilho & Ramiro Mart e o beatmaker Jonas Ribeiro, que formam base do Café Crime.

“Como uma verdadeira mixtape, ela tem uma hora de música divida em Lado A e Lado B mixados pelo Dj Soares, paulistano conhecido por suas apresentações dinâmicas que mistura mixagem e truntabilsm e também consagrado bi-campeão do DMC Brazil e top 5 na competição mundial ocorrida em Londres-UK, com seu crew.

“Essa safra é uma fina seleção do que se produziu nos estúdios do selo no ultimo ano, dentre beats originais, rimas de primeira e convidados mais que especiais, essa fita mixada mostra um novo momento do rap feito no Brasil, um café temperado com personalidade forte e a audácia do crime, daqueles que não se enquadram em padrões, sem medo de romper limites!”

A lista completa de músicas e participações, que inclui Criolo, Max B.O., Thalma de Freitas, Rincon Sapiência, está abaixo.

LADO A

01 – “Intro M.S. 013” – Dj Saci, Iky Castilho, Shock, Ramiro Mart
02 – “Soldados” – Iky Castilho part. Raony (Medulla)
03 – “Porradão” – Tom, BK, Daniel Shadow, Iky Castilho, Ramiro Mart
04 – “Contrato” – Max B.O. & Iky Castilho
05 – “Delicado Equílibrio” – Iky Castilho & Ramiro Mart
06 – “Dia Perfeito” – Zé Bolinho
07 – “Rasga Chão” – Rapadura
08 – “O Chamado” – Igor Bidi, Ramiro Mart, Iky Castilho
09 – “Superação” – Seba, Iky Castilho, Ramiro Mart
10 – “Super Hero” – Honey La Rochelle
11 – “Caxangá” – Iky Castilho, Daniel Shadow, Ramiro Mart

LADO B

12 – “É o Bicho” – Indigesto
13 – “Momentos de Lazer” – Gil Metralha
14 – “Não Faz Sentido” – Pedro Qualy, Gutierrez, Iky Castilho feat. Shackal
15 – “Fortalece Ae” – Iky Castilho, Criolo, Massao ,Pedro Qualy, Dj Nyack
16 – “Irmans” – Iky Castilho part. Mahal e Naíma Silva
17 – “Loucos, Lokos” – Seba & Yasmin
18 – “Homens de Aço” – Ramiro Mart, Iky Castilho & Ton
19 – “Faz” – Taz Mureb & Cidinho
20 – “Respirar” – Kev Brown feat. Ramiro Mart e Rincon Sapiencia
21 – “Comandando o Show” – Iky Castilho , Vini P.O. , Ramiro Mart, Negra Re
22 – “Quem Mafu” – Vicky Lucato feat. Shock
23 – “Auriflama” – Thalma de Freitas

%d blogueiros gostam disto: