sexta-feira

17

novembro 2006

5

COMMENTS

Rocktronica

Written by , Posted in Resenhas

new%20order_peter%20hook_rio.jpg
foto “emprestada” de: Kennyhsu

Dezoito anos depois do show no Maracanãzinho, o New Order voltou a tocar no Rio de Janeiro, encerrando a turnê brasileira.

Os vovôs da mistura de rock com eletrônica, como a banda foi rotulada na divulgação simplista do show, os shows do New Order não depende apenas de sucessos do passado, embora eles façam a alegria do público.

Músicas do mais recente disco, “Waiting for the sirens’ call”, como “Krafty”, ou semi-novas como “Crystal”, mostram que a banda continua em forma, atualizando o próprio som, sem perder a identidade.

A mais nova casa de shows da cidade, a Vivo Rio, filial do paulistano Tom Brasil, teve seu primeiro teste oficial em shows com platéia de pista. A fila gigantesca na entrada assustava quem chegava, especialmente quem pagou os astronômicos R$200 pelo ingresso.

Do lado de dentro, ainda em obras, as coisas não melhoraram. Além da claridade exagerada para um show, a qualidade do som estava sofrível. Os instrumentos se embolavam e uma forte reverberação dificultava ouvir a voz de Bernard Summers.

Os problemas não pareciam vir da acústica da casa, mas sim de uma passagem de som mal feita e que não conseguiu se acertar até o final da apresentação. Com isso, a platéia carioca afeita a uma social ficou ainda mais dispersa, transitando e conversando pelo local.

No bloco final, o som melhorou consideravelmente, muito por conta das programações eletrônicas falando mais alto. Foi quando os presentes finalmente se empolgaram e responderam a altura da banda que estava no palco.

A sequência de encerramento resume o que foi show: “Turn”, “True faith”, “Bizarre love triangle”, “Temptation”, “The perfect kiss”, “Blue monday”, “She’s lost control”, “Love vigilantes” e “Love will tear us apart” (em fraca versão ensolarada). Não faltou nada.

Deixe uma resposta

5 Comments

  1. duda
  2. pedro
  3. Christiano
  4. Leonardo

Deixe uma resposta para Christiano Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: