sexta-feira

17

dezembro 2010

0

COMMENTS

Balanço 2010

Written by , Posted in Música

Semana que vem começo a soltar as listas de melhores de 2010, em três categorias: shows, discos nacionais e discos internacionais.

2010 foi um ano de transições na minha vida profissional, várias, de plantio e organização de muitas coisas, finalizando uma página pessoal para centralizar minhas empreitadas além blogue, o novo OEsquema, o saite da CALZONE… Tudo para colher em 2011.

A dedicação a projetos que só irão dar fruto um pouco mais a frente, por consequência, deixou menos tempo para escutar discos ou mesmo ir a shows. Fiquei bobo ao constatar as pouquíssimas resenhas aqui no URBe esse ano. E pela primeira vez em 7 anos o aniversário do saite passou em branco, sem festa.

Foi um ano atarefado, estreando coluna no Globo, montado o Queremos, sem deixar os documentários de lado, registrando as gravações da Vanessa da Mata ou dando algumas aulas na PUC, frilando e dando pitaco num sem número de realizações de amigos.

Foi um ano de alguns bons discos internacionais, embora poucos tenham sido arrebatadores, e pouquíssimos lançamentos nacionais. Minha memória pra fazer listas é um desastre e o hábito de ouvir músicas em streaming, monopolizado pelo Spotify no segundo semestre, acaba transformando a catalogação em algo menos preciso.

Nesse contexto, pergunta recorrente, ainda faz sentido falar em listas de melhores discos? Bom, por hora é o que tem e o que dá pra fazer. Talvez seja hora de pensar em outras listas. Listar as músicas, tenho preguiça.

2010 foi um ano cheio, porém emperrado. Longe de ser ruim, mas sem dúvidas quero que 2011 chegue logo. Vem quente e promete.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: