quinta-feira

25

abril 2013

1

COMMENTS

Julian Lynch, “Lines” (2013)

Written by , Posted in Destaque, Música

Em seu disco novo, Julian Lynch segue misturando psicodelia, folk e progressivo. Embalando letras indecifráveis, as canções (ou o mais perto que Julian chega disso) são construídas em torno de células que se repetem e transformam, até derreterem-se em camadas de som mântricas. “Lines” é bom exemplo disso.

Bem bom, mas acho que Julian ainda não acertou seu próprio formato. Ainda deve vir algo melhor.

Anúncios

Deixe uma resposta

1 Comment

  1. wb

Deixe uma resposta

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: