quarta-feira

14

junho 2006

10

COMMENTS

Estréia

Written by , Posted in Urbanidades

selecao.jpg
Os 10 jogadores que entraram em campo, mais o visitante

“Camisa feia
de quadradinho
todo croata que eu conheço é viadinho!”

Em poucos dias por aqui, uma certeza: o Brasil não tem a MENOR condição de sediar uma Copa tão cedo. Se realmente a de 2014 for em casa, é quase certo de ser um desastre. É muita gente nas ruas, se locomovendo, passeando, comendo, assistindo jogos… Organização que, infelizmente, estamos longe de ter.

É verdade que, aqui e ali, os alemães também cometem suas falhas. Apesar da língua difícil, pouca gente fala inglês. Funcionários da organização se embolam pra dar informações simples, seja sobre as linhas de metrô ou até mesmo números. Também não há sinalização em outra língua que não o alemão, restando aos torcedores decifrar a as frases pra conseguir se virar. O que não deixa de ser divertido.

A torcida brasileira aqui na Alemanha é uma piada, só tem torcedor de TV. Enquanto os croatas cantavam sem parar no Estádio Olímpico de Berlim, entre os brasileiros ninguém torcia, ninguem gritava, mal comemoraram gol. Vergonhoso. Mas o jogo foi 1×0, “o time conquistou os três pontos” e é o que, no momento, interessa.

Só na chegada ao estádio, caiu a ficha: carái, tô na Copa do Mundo! A sensação de estar exatamente no lugar pra onde o país inteiro estaria olhando naquele momento, na cabeça as imagens das ruas lotadas, do Brasil parado, dos amigos se reunindo pra assistir o jogo. E eu ali, ao vivo.

Desde moleque, sempre quis ir a uma Copa. Planejei várias vezes, mas sempre acabava não concretizando a viagem. Já fui torcedor de ir ao estádio toda semana, de chorar quando o Flamengo perdia, saber escalações e histórias de uma pancada de times. Isso passou, muito por conta da decadência dos campeonatos brasileiros. Meio que esqueci até da idéia de um dia ir à uma Copa.

Quando a Seleção entrou e tocou o hino, emocionado, comecei a chorar igual uma criança. Lembrei do quanto, um dia, sonhei estar exatamente ali. Um sonho tão antigo que eu nem lembrava que era meu.

Anúncios

Deixe uma resposta

10 Comments

  1. carol *
  2. Luiz
  3. Luiz
  4. Hermann
  5. Rod
  6. letícia

Deixe uma resposta

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: