segunda-feira

5

julho 2004

0

COMMENTS

Dub Echoes

Written by , Posted in Urbanidades

uroy_dubechoes.jpg
U-Roy em ação

Esse é o nome do documentário que estou dirigindo. Idéia antiga até, acabou se tornando realidade com a ida pra Jamaica.

Os engenheiros de som jamaicanos foram os primeiros a utilizar a mesa de som como um instrumento, desconstruindo e reconstruindo faixas pré-gravadas, aplicando efeitos, inventando técnicas e criando nesse processo não somente novas músicas, como também um novo gênero: o dub.

Isso no começo dos anos 70. Por conta disso, mestres como King Tubby, Lee Perry e King Jammy são tidos como os precursores do que hoje se convencionou chamar de remix. Como o nome sugere, o objetivo do filme é mostrar que as experimentações psicodélicas nos toscos estúdios da ilha ainda ecoam, influenciando tanto a sonoridade quanto a maneira como se faz música atualmente.

A primeira etapa do documentário já rendeu bastante. Falamos com boa parte dos principais personagens da época que ainda estão vivos e morando na Jamaica. Fomos recebidos por Sly Dunbar, U-Roy, Ernest Hookim e Gussie Clarke, além de Mutabaruka, Weepow, Dr. Carolyn Cooper e Clive Jeffrey. As baixas foram Sylvan Morris (que queria 200 doletas pra falar) e Errol Thompson (hoje dono de supermercado e que fugiu da gente o tempo todo). King Jammy também estava fora, mas esse eu falo na Inglaterra.

Pra concluir o filme falta exatamente isso, ir pra Inglaterra — principal centro de música jamaicana fora da ilha, um dos primeiros lugares a receber suas influências e casa “oficial” do dub hoje em dia — falar com a outra metade da história e amarrar as duas pontas.

Anúncios

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: